Comi minha sobrinha virgem gostosinha

Tudo começou quando eu tinha apenas 9 anos e meu tio 22 (um tio novo). Meu tio, o Guilherme sempre foi muito ligado á minha mãe (sua irmã). Eu o admirava, pensava que era alguém livre, dono de si e podia sair, ir pra onde quisesse. Ele sempre me pegava no colo e me fazia carinho passando sua mão pelo meu corpo inteiro, nas minhas costas, coxa, bunda e até nos meus então quase nulos seios.

Eu achava estranho, mas deixava, eu gostava de sentir sua mão em mim. Muitas vezes ele abria suas pernas e me fazia sentar no meio, eu sentia o pau ele muito duro comprimindo a minha bunda. Ele apenas olhava, sorria e gemia fazendo cara de tesão... Confesso que eu adorava esses momentos. Até que ele se mudou para outro estado por 6 anos. Durante todo esse tempo eu me lembrava de seu sorriso, de suas carícias, da sua vara dura se esfregando na minha bunda, mas como cresci tive a consciência de o que ele fazia comigo era abuso sexual, por causa disso, muitas vezes sentia raiva dele por ter se aproveitado de mim. Mas mesmo assim eu ansiava por seu regresso. Foi na Páscoa que ele voltou para São Paulo. Íamos nos rever no almoço com a família e eu estava ansiosa, sem saber o que pensar. Não sabia o que vestir, então, revolvi como uma boa adolescente ir de calça jeans lycra e de blusinha. Quando cheguei na casa da minha avó (onde seria o almoço), ele já estava lá: muito mais lindo mais homem e muito mais gostoso do que eu poderia imaginar. Olhei para ele admirado com o que via. Ele por sua vez me abraçou bem forte e me disse: você não é mais a menininha que eu esperava encontrar aqui. Ele estava com 28 e eu 15 anos. Eu tinha um corpo muito bonito, seios médios durinhos e bem pontudos, cinturinha e uma bunda que muitos adoraram passar a mão (já que estava na fase de namoros). Almoçamos e voltei para casa com meus pais. No dia seguinte meu titio passou em casa e disse para minha mãe que me levaria para o cinema e depois iríamos á uma danceteria, como se tratava de seu irmão ele ficou tranqüila e me deixou ir (iria passar a noite fora). Durante o filme, meu titio me abraçou e disse no meu ouvido: só porque cresceu não quer mais ficar abraçada comigo? e eu disse: não Gui, larga de ser bobo, e ele: ah bom... porque eu sempre adorei te abraçar... Nessa hora surgiu em mim um tesão enorme por aquele homem e eu me abracei bem forte a ele, ele começou a passar a mão nos meus cabelos, costas, mãos, rosto e de repente virou meu rosto e me beijou. Eu quase morri, me sentia toda molhada e ele sem se fazer de rogado enfiou as mãos dentro da minha blusinha e como um animal no cio, afastou meu sutiã e apertou bem forte os meus seios. Estremeci e ele gemeu: ai... gostosa... Quase gozei ao ouvir isso e me apertava o biquinho com os dedos, me falava que queria mamar neles, beijar, chupar, morder. Eu passava a mão por cima da calça dele e sentia o tamanho da vara, ele me pedia como louco pega... Pega... Pega na pica do titio. Eu dizia: não pode titio... Até que ele me perguntou se eu era virgem, como disse que sim, ele me pediu: me deixe ser o seu primeiro, deixa eu te penetrar, lamber a sua xoxota gostosinha... eu estava tarada de tesão mas disse que não podíamos porque ele era meu tio. Ele me disse que isso não tinha nada a ver, que ninguém saberia e que ele me faria feliz. Aceitei e fomos á um motel. No quarto ele me jogou na cama e disse que me faria gritar de tesão. Começou a me beijar e apertar meus seios com as duas mãos tirou minha blusa, meu sutiã e mordia meus seios, chupava, lambia e eu gemia muito de tesão. Foi me lambendo na barriga enquanto abria minha calça, tirou-a e apertou por cima da calcinha a minha buceta, eu urrei de tesão. Ele me disse com cara de safado: antes quero que você mame gostoso em mim...tirou a calça, ficou em pé no chão e disse: chupa... Eu nunca tinha chupado uma vez antes, mas estava com tanta tara que enfiei de uma vez só na minha boca toda aquela rola que ra muito grossa. Comecei a lamber, a mamar segurando bem forte na base para dar mais pressão... Ele urrava e empurrava minha cabeça em direção ao seu mastro enquanto dizia isso... vai... vai que o titio quer gozar na sua boquinha... nisso eu comecei a sugar suas bolas que quase não cabiam em minha boca e via crescendo cada vez mais sua rola, o enfiei de novo na minha boca e ele metia como se estivesse comendo uma buceta até gozar. Quando terminou disse: agora minha putinha deita ai que é a sua vez...me deitei, ele tirou a minha calcinha e pediu para que eu abrisse bem as minhas pernas. Fiz isso e ele abriu bem os meus lábios vaginais com os dedos e deu uma lambida. Eu tremi de tesão. Ele me lambeu de novo e gemi muito alto, ele parou e perguntou: alguém já tinha lambido sua xoxota antes? Como disse que não, ele me respondeu: bem que eu notei que o gosto na sua xana é bem melhor...começou a por a língua dentro da minha buceta e tirou, repetiu várias vezes até que começou a sugar meu clitóris, nessa hora comecei a gritar de tesão e tive o primeiro orgasmo da minha vida (e com meu titio). Beijou-me depois de ter chupado tomado todo meu melzinho, se deitou em cima de mim e me disse: agora você vai conhecer uma pica de verdade, quer?... então peça... e eu como louca falava: vem titio... vem comer a buceta da sua sobrinha... Ele já estava com a pica dura novamente e começou a colocar a cabecinha dentro da minha grutinha, eu senti um tesão enorme, ele tirou e colocou mais um pouco, foi repetindo até que entrou tudo. Eu senti uma dor muito grande, como se estivesse sendo rasgada, mas ao mesmo tempo eu queria mais. Ele me dizia: ai, como você é gostosa... nossa que apertadinho gostoso... sente meu pau te arrombando... vou gozar aqui... ele começou a bombar cada vez mais forte, até que gozei de novo. Ele levantou minhas pernas e começou a socar com força, não demorou muito e gozou de novo. Até hoje, depois de sete anos, ainda quando dá transamos.

Requisitos para envio do seu conto erótico:

- O conto não poderá estar por completo em letras maiúsculas.
- Seu conto deverá ter no mínimo 15 linhas.
- Não serão aceitos contos com menores de idade ou que façam citações aos menores, esse site é CONTRA a pedofilia.
- Contos duplicados, copiados de outros sites, nao serão aceitos, os contos deverão ser únicos.
- Os contos deverão ser legíveis e com Português de fácil entendimento, sem erros de Gramática e Ortografia.

Os contos que não apresentarem esses requisitos acima serão ignorados/apagado

Envie seu conto erótico para fale@lindasegostosas.com.

Deixe seu comentário 
compartilhar redes sociais
 
  • top 5